bbrbet -O plenário do Senado aprovou a indicação de Flávio Dino para o cargo de ministro do Supremo Tribunal

Senado aprova bbrbet -Flávio Dino para o Supremo

O plenário do Senado aprovou a indicação de Flávio Dino para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) na noite desta quarta-feira (13). Ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Lula,bbrbet - Dino foi indicado para a vaga da ex-ministra Rosa Weber. Foram 47 votos favoráveis, 31 votos contrários e duas abstenções.

Continua após publicidade

No mesmo dia, Dino passou por uma sabatina de quase 11 horas na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ), onde somou o voto favorável de 17 dos 27 integrantes do colegiado.

Na mesma sessão, também foi sabatinado o subprocurador da República Paulo Gonet, indicado para a Procuradoria-Geral da República (PGR). Gonet obteve 23 votos favoráveis, quatro contrários e nenhuma abstenção, e teve seu nome confirmado pelo plenário do Senado por 65 votos a 11.

:: Comissao aprova nomes de Gonet e Dino para PGR e STF; votacao segue para o plenario do Senado ::

Sabatina

Em uma sessão marcada por um modelo inédito, com sabatinas simultâneas de um indicado ao STF e à PGR, o governo federal mobilizou esforços, com ministros reassumindo mandato na Casa para participar da votação e garantir a aprovação de Dino.

Na sabatina, Dino adotou um tom mais ameno e evitou cair em provocações e criar embates com parlamentares, como ocorreu em suas outras participações em comissões no Congresso.

:: Dino foi 'escolha segura' de Lula, mas escancara falta de pluralidade na Corte ::

Perfil

Flávio Dino foi juiz federal entre 1994 e 2006 e deixou a carreira para ingressar na política. Em 2007 se elegeu deputado federal pelo PC do B e desde então já foi senador e governador do Maranhão por dois mandatos consecutivos antes de ir para o Ministério da Justiça em janeiro deste ano.

Dino se notabilizou pelo perfil combativo e pela alta exposição, com postagens nas redes sociais e falas muitas vezes duras e até irônicas contra políticos opositores, o que causou uma rejeição maior ao seu nome por parte de alguns parlamentares.

:: STF: 'Diversidade não tem que ser só na foto, tem que ser no voto', diz jurista sobre Dino ::

Relacionadas

  • Comissão aprova nomes de Gonet e Dino para PGR e STF; votação segue para o plenário do Senado

  • Sabatina de Flávio Dino e instalação da CPI da Braskem no Senado movimentam agenda política

  • Dino tenta virar a página dos embates com senadores e arregimentar base para ser aprovado para o STF

Outras notícias

  • 'Grande dia!': confira repercussão da prisão de mandantes do assassinato de Marielle Franco

  • Corte Interamericana condena Estado Brasileiro pela morte do camponês Antônio Tavares no ano 2000

  • Associação de quilombos do Rio defende reparação do BB por 'lucros vexatórios' da escravidão

BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap