333bet reclame aqui -Em abril deste ano, a Câmara Municipal de Curitiba aprovou o título de cidadão honorário ao guru do

Deputado bolsonari333bet reclame aqui -sta pede título de cidadão honorário

Em abril deste ano,ítulodecidadãohonorá333bet reclame aqui - a Câmara Municipal de Curitiba aprovou o título de cidadão honorário ao guru do bolsonarismo Olavo de Carvalho. A iniciativa foi vetada pelo prefeito Rafael Greca por conta de o "homenageado" já ter falecido. Agora é a vez do deputado estadual Ricardo Arruda (PL) gastar o tempo da Assembleia Legislativa (Alep) com uma proposta de conceder o título de cidadão do Paraná ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Continua após publicidade

A justificativa para o título ao ex-presidente, que se encontra com os direitos políticos cassados é, para o deputado, "pelo brilhante desempenho como político brasileiro e maior representante da direita no Brasil", segundo divulgação da Alep. A proposta tem como co-autores os deputados Gilberto Ribeiro, Delegado Jacovós, Gilson de Souza e Marcel Micheletto.

:: Defesa de Bolsonaro repetirá argumentos no STF, mas decisão do TSE indica novas derrotas ::

Contudo, a ideia da bancada bolsonarista terá oposição. Para o deputado Goura (PDT), Bolsonaro não cumpre os requisitos pra receber a honraria, "que só pode ser concedida a pessoas de reputação ilibada". Para ele, "o ex-presidente tem que responder por seus crimes contra o povo brasileiro durante a condução trágica da pandemia [de covid-19], crimes contra os povos indígenas e comunidades tradicionais, além de crimes diversos contra o sistema eleitoral. É uma longa lista de delitos que precisam ser julgados pela Justiça".

Goura lembra, também, que a recente decisão que tornou Bolsonaro inelegível, fruto de uma ação do partido do parlamentar, o PDT, é somente a primeira de outras consequências que virão. "O projeto de lei apresentado é um escárnio ao Legislativo e ao povo do Paraná. Se depender de nossa bancada, não irá prosperar", complementa.

Já o deputado do PT Arilson Chiorato disse que tomarão todas as medidas possíveis para que o título não seja concedido. "Isso porque primeiro não há serviço prestado de relevância para o Paraná e segundo porque não preenche os requisitos para o título. Temos coisa mais importante para fazer na Assembleia do que ficar aprovando título para uma pessoa que tão mal fez para o país e, por isso, faremos tudo para que isso não se concretize", disse.

:: Prefeito Greca e o fantasma de Olavo de Carvalho em Curitiba ::

Depende de Ratinho Jr.

Na Alep, a base de apoio do governador Ratinho Jr. (PSD) tem maioria absoluta e, por isso, consegue aprovar os projetos que ele propõe. A concessão do título, em última análise, depende de como o governador vai se posicionar sobre a questão. Nas votações de seu interesse, Ratinho Jr. costuma ter mais de 40 votos entre os 54 deputados estaduais que compõem a Casa.

Fonte: BdF Paraná

Edição: Rodrigo Chagas e Frédi Vasconcelos


Relacionadas

  • Prefeito Greca e o fantasma de Olavo de Carvalho em Curitiba

  • Bolsonaro provoca STF e escala na retórica golpista para animar tropa governista

  • Bolsonaro ganha tempo e aprofunda o cenário de ‘equilíbrio catastrófico’ no país

BdF

  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap